segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Festa São Brás (Fev 2011)







Por Edson de Lorenzi

SÃO BRÁS – PROTETOR DA GARGANTA E DE NOSSA COMUNIDADE... A interferência de São Brás ficou evidente no dia de sua festa. O tempo ficou bom praticamente todo o dia garantindo o bom andamento da festa. Os preparativos que começaram na sexta logo de manhã se estenderam pelo sábado o dia todo e no domingo começou de madrugada com organização das tarefas, tanto para os homens, quanto para as mulheres. A alvorada festiva foi meia fraca, deve ter sido pela fraca produção agrícola deste ano. A venda de churrascos foi de acordo com o esperado e a comercialização foi efetuada com sucesso. A missa em louvor a São Brás encerrou com a benção da garganta aos fiéis presentes. Depois aconteceu um suculento almoço sendo ocupados os espaços internos e externos do local da festa. Destaque para a dupla Toninho e Neimar que apresentaram um show sertanejo raízes na festa, interpretando canções que marcaram épocas, dupla essa, que representaram nossa região no festival “Cantando pra Nossa Gente” Da rádio Coroado e Movimento e tiveram por merecer a gravação de três canções no cd que finalizou o festival. Um obrigado especial ao nosso amigo “Jéguinho” do Cerealista JM de Fraiburgo pelo patrocinar essa dupla. Depois do show, Didi e Companhia comandou o matinê dançante até o final da festa. Ganhadores da rifa do boi foi Nilson Lopes da cidade de Fraiburgo e o ganhador da ovelha foi o senhor Paulo Moraes da Comunidade de Núcleo Tritícola (Frei Rogério). No meio da tarde houve um desentendimento no estacionamento entre alguns participantes da festa, que entraram em vias de fato e danos materiais a um veículo. Logo a policia militar de Fraiburgo chegou e a paz voltou a reinar no ambiente. Lucro líquido da festa ficou na casa dos R$ 14.640,00, valor este, que saudou as dívidas existentes na comunidade devido à ampliação do salão comunitário. Agradecimento especial a todas as famílias de Taquaruçu que mais uma vez não mediaram esforços e fizeram presentes ajudando e colaborando para a realização da festa. As pessoas que venderam e compraram a rifa da festa. Aos colaboradores: Central Móveis (Fraiburgo); Super Mercado Zabloski (Fraiburgo); Lojas Credilar (Fraiburgo); JM Cerealista do popular “Jeguinho” (Fraiburgo); Marcelino Mazzuco Hortaliças e Verduras (Frei Rogério); Comecial Juruna (Núcleo Tritícola); Gaio Móveis e Gaio Materiais de Construção(Frei Rogério e Fraiburgo); Cerealista do Gringo (Curitibanos); JJR Ribeiro produtos Agrícolas (Frei Rogério); Orli Setren; Sargento Kemper e sua equipe de segurança (Monte Carlo); Polícia Militar de Fraiburgo Pe. Wilson e Pe. Paulo, enfim a todas as famílias que estiveram presente na realização de mais uma festa do interior que se registra como cultura e tradição de um povo que mantém-se unido pelo fato de sociabilizar, partilhar e confraternizar com as comunidades vizinhas e famílias de nossa região o valor do companheirismo e a troca de visitas entre comunidades Que são Brás abençoe a todos!!! Para refletir: Não sendo fácil para as comunidades promover eventos, manter as tradições e as culturas do povo. O Sr. Capitalismo vem se apropriando desses valores impondo regras, leis e multas para as entidades que não respeitarem as determinações. Marx afirmava que o capitalismo se autodestruirá por si próprio. A profecia está acontecendo e a terceirização está chegando para acabar com tudo, inclusive com a identidade das comunidades e do povo. As comunidades entrarão com o nome e o capitalismo se encarregará de satisfazer as necessidades do “ser humano manipulado”. Veja um exemplo: O Fernando e Gerson fizeram a segurança do salão do sábado para o domingo. Pois bem! Nesse caso eles precisariam ter: Curso técnico de segurança, treinamento especializado, seguro de vida. E as 02h00 da manhã eles colocaram as batatinhas cozinhar...(nem vamos entrar no assunto) Pensando nisso, Parabéns aos gaudérios pelo trabalho realizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário